CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

Pages

ADIEMUS FELIZ

AMIGOS ADIEMUS

Nº DE ACESSOS

MINHA FLOR PREFERIDA

MINHA FLOR PREFERIDA

terça-feira, 12 de abril de 2011

DOENÇA E CURA


DOENÇA E CURA

Se estás doente, não menosprezes a oportunidade de meditação que a doença te oferece.
Aparta o espírito do corpo e reflete na transitoriedade de tudo que te rodeia.
Conserva, sim, a esperança de cura, mas não te enganes quanto à fatalidade do teu desenlace que, mais cedo ou mais tarde, ocorrerá.
Prepara-te para o inevitável confronto com a Verdade.
Desapega-te do que te retém o espírito no cativeiro da ilusão.
Desperta da profunda letargia em que viveste até hoje e valoriza o tempo que te resta no corpo perecível.
Se readquirires o equilíbrio orgânico, não olvides que, mais tarde, voltarás a enfermar.
A desencarnação é lei natural.
Não te ocupes de ti mesmo, apenas quando te vejas na iminência de morrer.
Pior que a doença física é a do espírito, que sobrevive à morte do corpo.
Cura-te, em profundidade.
Quase sempre, em quem nada sofre, seja no corpo ou na alma, o processo de cura sequer começou.

Livro: Dias Melhores
Carlos A. Baccelli, pelo Espírito Irmão José
LEEPP – Livraria Espírita Edições Pedro e Paulo

colaboração do Blog "Asfalto das Horas"  http://asfaltodashoras.blogspot.com

1 COMENTE AQUI:

Shirley disse...

Como diz Bezerra de Menezes, todas as moléstias decorrem basicamente, do "pensamento doente" e nos fala da "luz interior" que pode curar qualquer degeneração celular.
Segundo Samuel Hahnemann, pai da homeopatia, "não existem doenças, mas sim doentes".

ÍNDICE DOS PENSAMENTOS

ÍNDICE DOS PROVÉRBIOS

ARQUIVO

NOSSO 1º PRÊMIO - SELO RECEBIDO DA VEJA BLOG OS MELHORES BLOGS DO BRASIL