CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

Pages

ADIEMUS FELIZ

AMIGOS ADIEMUS

Nº DE ACESSOS

MINHA FLOR PREFERIDA

MINHA FLOR PREFERIDA

sábado, 14 de maio de 2011

O POBRE QUE INVEJA O RICO


Se porventura vos tocar a riqueza, o vosso coração se conserve desprendido dela. Muitos pobres nada mais são do que ricos baldos de haveres, igualmente ávidos e culpados. Estes deverão ainda subir e experimentar a prova da riqueza, para aprenderem a sublime lição do desprendimento. O pobre que inveja o rico tão somente para exceder-se naquilo que condena, obterá a riqueza por punição, a fim de que lhe experimente o enorme peso e o efêmero valor. Seja a riqueza um meio e não um fim; seja ela encaminhada para metas mais elevadas, pois somente assim se poderá justificar um pouco a triste veneração a esse ídolo, em cujo nome tão grandes males se têm praticado.


Livro:  A Grande Síntese - Pietro Ubaldi


Colaboração: http://asfaltodashoras.blogspot.com

2 COMENTE AQUI:

Marli Boldori disse...

Que triste a inveja do rico,ou da riqueza avarenta,pois há a boa riqueza.Realmente,muitas vezes,para muitos a riqueza é efêmera,no entanto quando isto for entendido é sinal de que a evolução ganhou seu espaço.Gostei do post.Um grande abraço!

incognitus disse...

Bom fim de semana
O Eterno abençoe nossas casas

ÍNDICE DOS PENSAMENTOS

ÍNDICE DOS PROVÉRBIOS

ARQUIVO

NOSSO 1º PRÊMIO - SELO RECEBIDO DA VEJA BLOG OS MELHORES BLOGS DO BRASIL